quinta-feira, 16 de outubro de 2008

Novos olhares...


E eu começo a pensar que realmente a vida pode ser diferente.
Que eu posso me repensar.
Comprovo na carne possibilidades de respiro verdadeiro. Pros teatreiros, que me entenderão melhor na expressão, diria que percebo indícios de "fé cênica" em mim. Indícios. Já é um começo.
Dio, como às vezes a evolução vem em passos lentos...
Serei uma loira com síndrome de lesma? aff... menos piadas, loira, menos...
Percebo-me transpondo barreiras aos poucos... até certas músicas já são passíveis de serem escutadas sem uma relação direta com isto ou aquilo ou até mesmo passam a ter outros significados, além daqueles que eu sempre insistia em buscar...
Como isso, esse, ai enfim, "issos"...

Prenda minha
tu me faz bem
Muito aquém
do que mereço
Mais eu desejo
Que esse bem assim
feito água em pote
Faça umedecer
um coração que sofre
Faça umedecer
Um coração que sofre

"Prenda Minha": a música é interpretada por Ceumar, a composição é de Gero Camilo. aiai...




de brinde, a divertida "Rãzinha Blues".
Entende?

A vida pode ser diferente. Eu quero.

2 comentários:

Daiane Oliveira disse...

outra q vai virar borboleta em breve!!! ai ai

Nana disse...

pensar que a vida pode ser diferente já é um bom começo! gostei do recado da 'daiane'... borboletas, borboletas! tudo de bom, né?!